Visitação no site
Visualizações de Conteúdo : 8721771

ENVIE EMAIL DE GRAÇA

CURSO RM LABORE

Siga-nos no

Previsão do Tempo
Início
TESTE DA CASA, DA ÁRVORE, E DA PESSOA (HTP) -

Se você está à procura de emprego e entrevistas, baseie-se nestas respostas para que seus testes para emprego sejam bem sucedidos. Sua Pergunta: "-Tenho feito alguns testes para emprego e gostaria de saber, se ao desenhar a árvore tenho de colocar o chão embaixo?, Se a casa que me pedem para desenhar deverá ter portas e janelas abertas (ou mesmo ter porta e janelas)? Como devo desenhar a árvore?, Nela deverá aparecer os galhos ou as folhas? Como devo desenhar a figura humana?"

Nestes testes realmente não importa o que você pense. O que importa mesmo é o que o "psicólogo" pensa (que nem sempre é formado, mas sim estagiário). Então você deverá dar uma resposta padrão. Que é o que ele quer encontrar como resposta desse teste. Bom, o desenho seria o responsável por avaliar a psicologia da pessoa em tese, mas, na prática é mais um meio de te detonar do processo seletivo, caso você não dê como resposta o que eles querem...

O teste é algo inventado por um algum dos grandes pretensiosos da história baseando-se em interpretações das teorias de Sigmund Freud. Se até Freud errava e acertava, como qualquer ser humano, imagine estes. Mas o tempo se encarregou de nos mostrar que estavam errados. Pouca gente sabe disso, porque não se atualizam (é CARO se atualizar), e por que a situação é confortável para quem "trabalha" desta forma. Nada mais de  que pretensão em cima de pretensão.

Eu posso comentar a respeito, pois sou MBA em Recursos Humanos, agregado a muitos outros conhecimentos (anteriores e posteriores). Tenho formação Científica de Ciências Exatas e de Ciências Humanas. Sei aonde cada uma pode ir, e quais as limitações de cada uma. Colocar alguém de Ciências Humanas, num cargo de Ciências exatas, pode causar muitos problemas Sociais, Conjunturais e Econômicos (como já vimos nos últimos 40 anos).

Esta cultura arraigada está cedendo à industrialização, onde o que vale é o dinheiro. Quem não puder parametrizar indicadores de desempenho, ou possa demonstrar em planilhas os lucros, das perdas, mudarão de função. Isto está acontecendo com muitos cursos, como sociologia, jornalismo e psicologia, logística, vendas, etc. Mas são mudanças pra melhor.

Isto mede que tais testes, inclusive o HTP estão obsoletos a mais de 30 anos (e não mede nada). Mas são usados no Brasil, por uma casta de pseudos profissionalizais. Se fossem profissionais estariam num consultório, ou dando aulas, e fazendo pesquisa acadêmica, Ou até escrevendo livros de psicologia.

Optaram pelo subemprego, onde aplicam "testes" ineficazes, mostrando para seus chefes que são eficazes (depois escolhem qualquer um pra ganhar a vaga de emprego).

Isso deve ser bom para o ego, mas será que a consciência disso não pesa? Se você é psicólogo, ou psicóloga, e nada tenha com o perfil comentado acima, está de parabéns. Está fora de uma realidade ainda existente em algumas empresas.

Na psicologia, existe uma interpretação básica deste teste HTP, que inicialmente era aplicado somente em crianças de idade pré-escolar. Mas alguns profissionais acham-se capazes de pretensamente interpretar por si mesmos (e definem de seu jeito, cada teste, como se fosse o próprio criador dele). Imagine agradar a todos...

Infelizmente colocar psicólogos para testar pessoas para uma contratação, como forma de EXCLUÍ-LAS, OU NÃO, DE UM PROCESSO, é mais do que uma ofensa pessoal a cada uma, a qual o teste tenha sido aplicado, mas passível até de processo em tribunal por causa disso.

Se você se sentir afrontado(a) na sua moral, manipulado(a), ou lesado(a), pode contratar advogado e abrir um processo de perdas e danos contra a empresa, e o profissional que lhe entrevistou, caso não tenha sido escolhido(a), quando possui a experiência, e as capacitações solicitadas). Pior ainda se lhe relegaram por IDADE (mais de 40 anos), o que é proibido por lei. O processo deve ser afixado num valor minimo de 5 mil reais. Quem sabe se “perdendo dinheiro” as empresas parem com tais práticas.

Psicólogos nas empresas, desde os anos 70, era uma função para CAPACITAR PROFISSIONAIS, E NÃO EXCLUÍ-LOS (aliás toda razão para estarem lá é fazer os recursos humanos DAREM LUCRO).

Não deveriam ser colocados em recrutamento e seleção, mas em cargos e salários, ou áreas de treinamento e motivação. A idéia é manter o profissional, e não criar rotatividade, em cima de um LEILÃO para reduzir SALÁRIOS. Se existe um leilão de salários, onde o candidato tem de dizer sua PRETENSÃO SALARIAL, PRA QUE a existencia DESTE TESTE, não é mesmo? Já que eles irão ficar com QUALQUER UM que quiser se vender por MENOS do que valem, o teste é só um artificio de tentar dar uma IMPORTÂNCIA FICTÍCIA ao processo seletivo e a vaga, que oferecem.

O teste é só um disfarce de que alguém sequer avaliou alguma coisa... Para dar um grau de coisa séria, numa pretensão a um CARGO RUIM, para a obtenção de um PROFISSIONAL RUIM, em um PROCESSO RUIM (sem análise alguma), e um SALÁRIO RUIM, talvez pelo fato da empresa possuir uma GESTÃO RUIM. Acreditem se não forem escolhidos é por que ESCAPARAM dela...

O TESTE É INEFICAZ PARA SER USADO PARA DISPUTAS DE EMPREGO. Ele NÃO SERVE PARA DIRIMIR sobre QUEM É, OU NÃO É CAPAZ.

Seria mais eficaz analisarem a experiência, e o tempo de serviço dos candidatos, e os cursos que o mesmo fez, em sua área.

Isso sim é um meio de se avaliar um candidato. Baseado EM REALIDADE, e não em UM TESTE ALEATÓRIO que necessita de um “INTERPRETADOR” (onde pode se esconder costumes e vícios capazes de invalidar este interpretador pessoal, por mais que o método obrigue a seguir um padrão. Simplesmente muitos não o seguem).

Já pelo texte eficaz QUALQUER UM pode ANALISAR DE IMEDIATO, sem nenhuma dificuldade, e sem necessitar de ser um pretenso expert, se o tempo de serviço, e os conhecimentos do candidato, são compatíveis com a vaga, e ponto final.

No teste HTP alguns interpretam desta forma: Umas não aceitam a inexistência de chão no desenho, outras nem se importam com isso. Portanto ficaria difícil agradar a todos em cada interpretação maluca que se dê à esses testes.

Portanto vamos nos ater ao minimalismo (menos é mais). Vamos agradar pelo menos, no mínimo possível, em suas avaliações inverossímeis acerca de nossa personalidade (como se fossem os donos da verdade última das coisas).

Eles querem complexidade nos desenhos, para inventar uma porção de possíveis interpretações, e poder mostrar serviço para a chefia deles.

Portanto cuidado!. Não forneça tanto material assim. Minimalismo em tudo!... Lembre-se que quem bolou o teste sequer assumiu sua autoria, dizendo que ele se baseou em Freud, caso não desse certo, ele não seria acusado de nada...

Algumas empresas vão te mandar fazer o "teste projetivo HTP", que  significa:  HTP, House (casa), Tree (árvore) e Person (pessoa).

O teste é definido como capaz de avaliar o seu perfil psicológico (me diz onde é que isso tenha relação com emprego e trabalho). No desenho da casa avaliaria como seria o seu relacionamento familiar. Com a árvore como você lida com o mundo. E com o desenho da figura humana como você se vê. Eles acreditam que com este teste arcaico dos anos 30 se poderia imaginar como você se projetaria nos desenhos (numa forma de "ato falho", quando supostamente nos traíssemos fazendo uma atividade lúdica, e possivelmente colocásemos algum segredos oculto pra fora. Pasmem...

Como toda a gama de complexidade de seu estilo de vida e personalidade, para procurar possíveis "anomalias"... Ora!, isso não serve para diferenciar candidatos a emprego? Não tem nada a ver, mesmo!. A verdade é que não importa o que um candidato é, mas o que ele faz como profissional.

Isto está fazendo os RHs parecerem delegacias de polícia, pois tiram nossas fichas, nosso Cpf, RG, e perfil mental, para um mero emprego. Se o cara não for quem diz, basta demitir. Mas tudo é uma desculpa para a seleção parecer coisa séria...

Tem graça? Entram com a desculpa de que só um psicólogo saberia avaliar os desenhos: da casa, da árvore, e da pessoa. E é claro que isso é uma Mentira deslavada, para garantir seus subempregos.

Existem psicólogos que vêem até homossexualismo num teste HTP de um heterossexual (viu homossexualismo no desenho de um homem que não é homossexual) só porque este desenhou a si mesmo com uma camisa de malha justa, ou por que desenhou a mulher primeiro... (presenciei e estudei o fato, durante algum tempo, para concluir com a mesma impressão inicial: de que estavam errados sumariamente em sua interpretação).

A opinião de cada psicólogo não serve para manter um padrão de avaliação, este não é, portanto um teste CIENTÍFICO. E não sendo CIENTÍFICA a psicologia (pois é uma CIÊNCIA HUMANA), não tem, portanto, critério para AVALIAR COM EXATIDÃO, coisas só obtidas através das Ciências Exatas (Administração, Gestão, Engenharia, tecnológicos, etc).

Uma Ciência é exata quando algo produz um resultado sempre igual (1+1=2). Cuja experiência pode ser repetida (por qualquer cientista) e dar o mesmo resultado. Então se num teste eu acertar todos os cálculos, dificilmente eu iria errar se refizer o teste.

Mesmo se aplicado por outro especialista. Porque minha qualificação demostrou que sou capacitado. Até cartas de Tarot dariam melhor resultado do que o teste HTP... E tem psicólogo querendo colocar GRAFÓLOGOS no ambiente de RH... Mais uma proposta interessante para analisar uma pessoa. Mas nunca para desempate em propostas de vagas de emprego.

Dado ao número de possíveis interpretações erradas de um mesmo teste. Isso também não é critério para excluir ninguém de nenhum processo seletivo. Já que critérios que excluam candidatos a emprego por motivo de sexo, cor, raça ou sexo são altamente condenáveis e proibidos pelas leis do país. Ninguém deve ser medido pelo ser comportamento para vagas de emprego, mas sim, pela sua qualificação profissional.

"Portanto para acabar com esta bancada de mal pagos profissionais de psicologia que, por via de uma pseudo e confusa "cultura" citada até aqui, baseando-se em modelos arcaicos e ultrapassados, utilizando-se de pomposa manutenção dos próprios egos, que este artigo foi escrito. Para defender a todos nós somente dos profissionais incompetentes, e com mania de grandeza".

Se você não for, não precisa sequer ficar ofendido. O texto não fala de ninguém que seja um profissional de verdade. Só não queremos mais a aplicação de “testes” que não sejam MÉTRICOS realmente. E não aqueles, baseados em respostas prontas, possíveis de chutes, pretensão e opinião pessoal do psicólogo, etc. E devolver os psicólogos para sua real função, seja nas empresas, ou nas universidades, que é o desenvolvimento de pessoas, e não em seleção de pessoas. Psicologia não é uma ciência exata! É uma ciência humana, ou quase.

Por isso se todos nós dermos respostas iguais no teste HTP, com o tempo estes testes estarão obsoletos.

Todos responderão como numa cartilha e não poderão mais ser usados como armadilha. Todas as tentativas de usar estes testes resultarão em respostas iguais... Como se já não fosse verdade de que o resultado sequer não defina a escolha de nenhum candidato. É só Mise-en-scène (colocar em cena), ou seja, para aparecer para sua chefia, garantindo o seu próprio subemprego.

DICAS PRECIOSAS - CRITÉRIOS - Não é bom desenhar bonecos palito, árvores sem galhos e casas de frente. A casa deve ter um pouco de "volume". Mesmo que você não seja desenhista procure desenhar a casa de lado principalmente para poder aparecer a janela aberta.

CASA - A casa deverá ter as janela abertas (as portas caso queira) mostrando que você tem o espírito franco e aberto ao diálogo (significa que você é comunicativo e sabe lidar com as pessoas). Se colocar janelas e portas fechadas você já é uma pessoa difícil de se lidar (veja só que pretensão. Não interessa se você ache que portas e janelas fechadas signifiquem segurança. O que vale é o que eles querem).

Coloque uma linha de horizonte atrás da casa para definir o "seu" chão. A linha de horizonte deve ser seccionada na parede da casa e seguindo depois do outro lado. caso contrário parecerá que seu horizonte está acima da casa e que você está afundado em sua vida pessoal. Não faça um caminho longo para se chegar até a casa com grades ou muros pois significa (para eles) timidez, isolamento. Não coloque chaminés ou coisas parecidas como sóis no céu, ou nuvens, e pássaros (eu sempre colocava por que me lembrava minha infãncia real no sítio repleto de natureza, inclusive com a chaminé dos churrascos de domingo, mas esqueça e não coloquem. A interpretação dos psicologos é de um mundo de faz de conta).

ÁRVORE - Desenhe a arvore com galhos e folhas pode mostrar que você é detalhista, que tem "braços capazes"(seus galhos) para oferecer trabalho. Dê preferência a árvores como goiabeiras, ou macieiras. Nunca coqueiros, bananeiras, etc. Detalhe cada galho e coloque frutas nas pontas dos galhos indicando que você é também profícuo, que de você nasce sempre um bom trabalho. Os frutos simbolizam sempre prosperidade, fertilidade e produtividade. Coloque o chão em baixo da árvore para mostrar que você é realista, saudável, tem os pés no chão, e compreende o seu espaço onde pisa e não tem doença como esquizofrenia (de se perder na fantasia) ou inseguranças. Risível este teste. Segundo ele, eu era esquizofrênico e não sabia (risos), depois deixei de ser, depois que passei a colocar o chão... Ora essa!... No meu desenho mando eu...

FIGURA HUMANA - Quando for desenhar a figura humana desenhe primeiro o homem, se for homem, pois se desenhar a mulher primeiro, já é indício de homossexualismo (ora, vejam vocês. Mesmo que seu lado feminino seja sapatão...). Desenhe as figuras de lado. Não dê muitos detalhes, pois eles "serão interpretados" e isso é que é ruim. Não coloque relógios (indica preocupação com as horas), colares, brincos, cabelos grandes, piercings, tatuagens. Faça uma figura com calça jeans e camisa de manga com botões. Indica despojamento. Coloque sapatos com meias indica cuidados pessoais. Cabelos na figura caso você tenha (ou a figura seja mulher). Se for calvo faça a figura calva. Senão vão interpretar como você uma pessoa com sonhos impossíveis (restituição dos cabelos perdidos). Indicando certa dose de impaciência ou ansiedade.

.

Marcelo Exponent - É Coach, Gestor Empresarial com MBA em Recursos Humanos, especialista em Gestão de pessoas, motivação, neurolinguistica, andragogia, e aprendizagem acelerada.